Pages

Bandeira da Coreia do Sul

Sessenta e quatro anos atrás a Coreia do Sul adotou seu atual modelo de bandeira. 

A bandeira coreana é cercada de simbolismos e representações. Sua primeira versão foi usada em 1883 e serviu como símbolo da resistência coreana durante a ocupação japonesa, que foi de 1910 a 1945. O modelo atual foi adotado em 12 de julho de 1948. Ela tem o fundo branco, o taegukgi ao centro e quatro trigramas, um em casa ponta. Cada com seu significado isolado. Vamos conhecê-los?


O fundo branco representa a pureza do povo coreano.

Taegukgi é o nome do símbolo central da bandeira, derivado do Yin Yang chinês. 
O círculo representa o absoluto e é dividido em duas partes para mostrar o equilíbrio perfeito. A parte vermelha (Yang) representa a positividade e a azul (Yin), a negatividade. As duas juntas mostram como as energias opostas se combinam infinitamente.


Cada trigrama representa uma força da natureza; um estação do ano; um 
ponto cardeal; uma virtude; um elemento e um significado. São os seguintes:


Geon - Representado por três barras contínuas simboliza o céu; a primavera; o leste; 
a humanidade; o paraíso e significa justiça.


Ri - Representado por duas barras contínuas e uma segmentada no centro. 
Simboliza o sol; o outono; o sul; a justiça; o fogo e significa realização.


Gam - Representado por duas barras segmentadas e uma contínua no centro. 
Simboliza a lua; o inverno; o norte; a inteligência; a água e significa sabedoria.


Gon - Representado por três barras segmentadas. Simboliza a terra; o verão; 
o oeste; a cortesia; o elemento terrestre e significa vitalidade.



Então, fica essa "curiosidade" num dia importante para esse país. Agora se perguntarem sobre a bandeira da Coreia do Sul, já temos o que responder. [rsrs...]

1 comentários:

Anônimo disse...

Muito interessante a Coreia do Sul !!! ;)

Postar um comentário